Segundo a revista B!T, o ambiente de trabalho como o conhecemos pode ter os dias contados e os primeiros locais de trabalho a conhecer estas mudanças serão os escritórios das empresas de TI. As atuais estruturas serão substituídas por redes colaborativas de equipas.

As conclusões fazem parte de um white paper que a Fujitsu encomendou à Pierre Audoin Consultants (PAC) e que a B!T divulgou. O objetivo era conhecer as caraterísticas do local de trabalho, nomeadamente nas empresas de TI, nos próximos 8 anos. O documento aponta ainda pistas para as empresas de TI se manterem competitivas apesar da concorrência pelo talento ser cada vez mais acérrima.

 

Que mudanças as empresas de TI enfrentam para não perderem competitividade?

A estrutura dos negócios mudará de forma significativa e os modelos tradicionais da indústria cairão em desuso, sendo substituídos por novos modelos de colaboração. O enfoque nas estratégias de local de trabalho irá alargar-se, passando da promoção da produtividade individual dos colaboradores para uma “colaboração e co-criação prolíficas, tanto numa escala pequena como a nível da indústria, apoiando em simultâneo a saúde e o bem-estar”.

As empresas de TI que quiserem manter-se competitivas neste novo ecossistema de trabalho deverão encorajar a colaboração melhorada entre pares, com recurso à implementação de tecnologias como a realidade aumentada. Por outro lado, as estruturas organizacionais terão de ser mais ágeis e adaptar-se a condições económicas em constante mutação.

 

Como será a empresa do futuro?

De acordo com o estudo, as hierarquias e departamentos das empresas de TI – atualmente rígidos e estanques – serão progressivamente “substituídos por pequenas redes colaborativas de equipas, compostas por freelancers, ligados através de plataformas de comunicação unificada e apoiados por assistentes inteligentes”.

As empresas de TI vão ainda precisar de remodelar o aspeto tradicional dos escritórios para incorporar mais espaços colaborativos, recorrendo à realidade virtual e aumentada para melhorar as reuniões. Além disso, a biometria irá desempenhar um papel mais importante para assegurar o acesso a dados e aplicações empresariais, permitindo que as pessoas acedam a aplicações a partir de qualquer dispositivo, em qualquer lugar, dispensando o local de trabalho físico como hoje o conhecemos.

 

Para saber mais sobre o futuro do trabalho em empresas de TI, contacte-nos

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.